Notícias / Habitação
Publicado em: 05/10/2021 às 08:57
Secretário de Habitação participa de evento no Palácio dos Bandeirantes
Governo do Estado anunciou a liberação de mais de R$ 1 bi para habitação
Rafael Zaniboni (secretario de Habitação de Araras), Flavio Amary (secretario Estadual de Habitação de SP) e  Amanda Fernanda de Aguiar (Chefe de Serviço da secretaria de Habitação de Araras), durante evento no Palácio dos Bandeirantes

 

O secretário municipal de Habitação Rafael Zaniboni, participou de evento no Palácio dos Bandeirantes para anuncio do incremento no orçamento de mais de R$1 bilhão de investimentos para setor da habitação para o Estado de São Paulo. O evento ocorreu na ultima semana onde foram anunciados os detalhes e a forma de investimentos desses valores através do Programa Nossa Casa.

Na ocasião foram solicitados investimentos do Governo do Estado para o setor de Habitação no município de Araras através do Programa Nossa Casa, que viabiliza empreendimentos voltados para a habitação de Interesse Social visando diminuir o déficit de imóveis desta modalidade que ainda se encontra em Araras.

“Estive acompanhado do prefeito Pedrinho Eliseu em agenda com o secretário Estadual Flavio Amary na última semana, e agora após o lançamento deste incremento orçamentário, o mesmo nos garantiu investimentos para o setor de Habitação de Araras”, afirmou Zaniboni.

 

O programa Nossa Casa é dividido em três modalidades: Nossa Casa - CDHU, Nossa Casa - Apoio e Nossa Casa - Preço Social. No primeiro caso, a construção deve continuar acontecendo em parceria com a Caixa Econômica Federal. Já no segundo, os fomentos estão voltados para entidades e empresas. Na modalidade Preço Social, o objetivo é oferecer a construção de moradias por um valor mais acessível para a população.

Segundo levantamento, Araras possui uma grande demanda por Habitação de Interesse Social e o município têm como objetivo viabilizar a população de baixa renda o acesso à moradia adequada e regular, bem como o acesso aos serviços públicos, reduzindo a desigualdade social e promovendo a ocupação urbana de forma planejada.

Secom/PMA